Segurança da informação: um diferencial competitivo para os seus negocios

Como garantir que o seu negócio seja seguro e bem-sucedido também no relacionamento com o mercado. Confira!

Mais do que uma questão técnica, a segurança da informação está intrinsecamente ligada à rotina do negócio e pode se tornar um diferencial competitivo. Neste contexto, é fundamental que a empresa aposte em boas práticas para a segurança da informação e, ademais, esteja atenta à rotina e estrutura de armazenagem de dados. Ao fazer isso, a empresa estará se protegendo de possíveis ataques cibernéticos e garantindo a confidencialidade, integridade e disponibilidade de suas informações, o que contribui para sua reputação e competitividade no mercado.

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entrou em vigor em agosto de 2020, visa garantir a proteção de informações dos usuários e penaliza eventuais falhas de segurança. Portanto, contar com uma boa política de Segurança da Informação e tecnologias adequadas se tornou prioritário.

LGPD – Segurança da Informação é lei!

Mais do que gerar valor em sua organização, investir em políticas e tecnologia para segurança da informação é uma estratégia de compliance. Por conseguinte, a Lei Geral de Proteção de Dados prevê sanções a empresas que vazarem informações confidenciais de seus usuários. Portanto, implementar medidas de segurança adequadas não apenas protege a reputação da empresa, mas também assegura o cumprimento das exigências legais relacionadas à proteção de dados.

Segundo o Palácio do Planalto, a Lei Geral de Proteção de Dados: dispõe sobre o tratamento de dados pessoais, inclusive nos meios digitais, por pessoa natural ou por pessoa jurídica de direito público ou privado, com o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade e o livre desenvolvimento da personalidade da pessoa natural.

Ou seja, os dados pessoais – aqueles que identificam o indivíduo, como telefone, e-mail ou CPF, por exemplo – são os mais sensíveis e a empresa precisa armazená-los adequadamente. No caso da sua empresa, esses dados podem incluir informações de clientes ou prospects, bem como as próprias informações dos funcionários.

Apesar da LGPD e das penalidades previstas nela, como multas, muitas empresas ainda sofrem com o vazamento de dados. Além disso, um levantamento da Psafe, empresa de cibersegurança, mostrou que somente em 2020 mais de 5 bilhões de logins e senhas vazaram na Internet. Adicionalmente, um estudo da IBM mostrou que um ataque hacker em grandes empresas resulta, em média, em US$ 3,8 milhões em prejuízo para as companhias. 

Como garantir a segurança dos dados na sua empresa?

Entre as boas práticas para proteger as informações do seu negócio e ainda ter um diferencial competitivo no mercado estão:

1 – Criar uma rotina de boas práticas

Envolver e orientar os profissionais é uma das ações primordiais que devem estar no topo do projeto de segurança de dados. Sua empresa pode criar um breve manual com boas práticas para manter a proteção das informações e realizar treinamentos periódicos neste sentido.Adicionalmente, as questões que devem ser abordadas incluem a proteção de login e senha (que os profissionais devem alterar de tempos em tempos), o cuidado na abertura de e-mails de fonte duvidosa, informações sobre novos golpes para roubo de dados e ações de engenharia social.Além disso, outras questões que envolvem os profissionais podem ser ainda relacionadas à manutenção dos computadores e sistemas firewall, o não compartilhamento de documentos com informações confidenciais e o adequado armazenamento de documentos físicos. Dessa forma, a conscientização e responsabilidade dos colaboradores na segurança da informação são elementos essenciais para garantir a proteção dos dados da empresa.

2 – Seus sistemas precisam ser adequados

Busque fornecedores que possuam soluções de gestão alinhados com a LGPD e que sejam seguros. Um ERP armazenado na nuvem, como é o caso do Gestão Empresarial, tende a ser mais seguro porque sua empresa não precisa se preocupar com a estrutura de armazenagem: o próprio fornecedor do software garante a segurança do ambiente digital.

3 – Alinhe estrutura física e digital

A segurança da informação também pode sofrer danos com a atuação de pessoas mal intencionadas, inclusive no ambiente offline. Por isso, além de dar atenção às suas soluções de gestão e treinar as pessoas, é importante controlar o acesso ao ambiente físico da empresa. Sistemas como o Gestão de Acesso e Segurança são integrados ao ERP e permitem o controle de acesso a todos os espaços. Os profissionais podem ter permissões controladas a depender do ambiente apenas via digital ou leitura facial para entrar nestes locais.

Leia também: Soluções de cibersegurança na sua empresa: entenda a importância

Com estes cuidados, sua empresa estará mais segura e, consequentemente, seus clientes se sentirão mais protegidos no relacionamento comercial. Tecnologia e segurança da informação, afinal, caminham lado a lado e são dois pontos essenciais para o fortalecimento da imagem do negócio.

Fale com nossos especialistas para saber mais como manter os dados da sua empresa seguros.

Acesso e segurança
Descubra a importância da gestão de não conformidades e como transformar desafios em oportunidades de melhoria contínua.
Gestão de Pessoas
Entenda como funcionam as férias trabalhistas e aprenda a organizar o calendário de férias da sua empresa de acordo com a CLT.
Logística
Descubra como evitar erros comuns na gestão de frotas com nosso guia completo. Aprenda sobre manutenção, controle de combustível, e como um TMS pode otimizar sua operação.
Gestão de Pessoas
Explora a questão da desigualdade salarial no Brasil, a importância da Lei de Igualdade Salarial e seus impactos.

Preencha o formulário que logo entraremos em contato!