O que é Onboarding em uma Empresa?

A primeira impressão é a que fica. Saiba tudo sobre o processo de integração de novos colaboradores nas empresas.

A primeira impressão é a que fica. Saiba tudo sobre o processo de integração de novos colaboradores nas empresas.

Todo mundo tem alguma história de uma experiência curiosa no primeiro dia do emprego novo. A verdade é que antes do onboarding existir, os primeiros dias de trabalho num novo emprego costumavam ser bem confusos. A gente sempre precisava contar com a boa vontade de alguém que já trabalhasse ali há algum tempo para aprender desde a cultura da empresa até como fazer as atividades da rotina. Com o onboarding, tudo isso mudou.

Nesse conteúdo, vamos explicar detalhadamente tudo sobre o onboarding e como esse processo transforma as primeiras experiências de novos colaboradores nas empresas. Vamos lá!

O que é Onboarding?

Todos a bordo. Sim, soa parecido né? É porque onboarding tem como a sua tradução literal é “embarque”. Essa expressão é utilizada no processo da integração dos recém-contratados, e significa que a pessoa está “embarcando” em sua nova jornada dentro da empresa.

Ou seja, estes processos têm o objetivo de instruir e adaptar os novos colaboradores com a cultura organizacional, além de fazer com que os colaboradores se familiarizem com sua equipe e entenda exatamente sua nova função.

Qual o objetivo principal do Onboarding?

O propósito do Onboarding é criar um vínculo e a sensação de pertencimento entre o colaborador e a empresa. Sendo uma das estratégias indispensáveis para o RH estratégico, afinal o mercado está cada vez mais competitivo.

Como fazer um Onboarding incrível?

Se você quer garantir a retenção dos talentos da sua empresa e atingir um bom engajamento dos novos colaboradores desde o primeiro dia, é melhor proporcionar um onboarding memorável. Confira nossas dicas de ações para uma integração impecável.

1. Capriche no planejamento

O Onboarding requer um planejamento a longo prazo. Não adianta oferecer uma ótima experiência ao colaborador no primeiro dia e depois nunca mais voltar a falar com ele, afinal, os primeiros três meses são cruciais para a integração e futura retenção daquele profissional.

Cada posição vai pedir um Onboarding personalizado de acordo com a sua função e equipe, mas a recomendação é que seja pensado estrategicamente para dividir o processo de Onboarding em marcos de 30, 60, 90 e 120 dias, por exemplo, definindo metas para cada etapa em um cronograma estruturado. Você pode criar um plano conforme o exemplo abaixo:

  • Dia 1: recepção, entrega do kit de boas-vindas, reunião com o líder, apresentação da empresa e rotinas da equipe/área;
  • Dia 2: definição do padrinho (mentor), reunião com a equipe, início do treinamento do Onboarding com descrição de produtos, serviços e métodos de trabalho;
  • Dia 3: treinamento focado na função (responsabilidades, expectativas, metas);
  • Dia 4: contextualização de projetos e tarefas da equipe;
  • Dia 5: almoço com o CEO, confraternização (happy hour) e solicitação de feedback sobre a primeira semana (reunião de check-in).

2. Encante na apresentação da empresa

Orgulho e propósito são sentimentos muito determinantes na hora de um colaborador se sentir pertencente a uma empresa. Por isso, aproveite a apresentação institucional para encantar o mais novo colaborador e despertar nele o sentimento de alegria em fazer parte dessa empresa.

Uma das melhores formas de apresentar a organização, sua cultura e valores é produzir um bom vídeo institucional que conte a história da empresa e traduza seus princípios em imagens de impacto.

No escritório, não pode faltar o tour pelas instalações e descrição das principais atividades de cada área. Se a empresa puder investir um pouco mais no onboarding, um mapa virtual também pode ser uma boa ideia para ambientar o novo talento.

3. Kit de boas-vindas

O kit de boas-vindas é uma forma inteligente de presentear o seu colaborador no primeiro dia de trabalho e promover uma experiência ainda mais positiva ao mesmo tempo que faz a divulgação da sua marca. Isso porque virou hábito aproveitar esses kits para fazer posts em redes sociais falando sobre o início do novo momento profissional no emprego novo.

O kit de boas-vindas é parte essencial do onboarding, e deve incluir tanto itens básicos quanto opções mais criativas. Na lista de materiais obrigatórios, podemos citar:

  • Materiais de escritório como caneta, pendrive, agenda e bloco de notas;
  • Crachá de identificação, se necessário;
  • Manual do colaborador (guia com informações sobre as políticas de RH, benefícios, cultura da empresa, processos, etc.);
  • Chaves necessárias;
  • Checklist com tarefas para as primeiras semanas.

É possível ir além e acrescentar itens mais interessantes para impressionar os novos colaboradores, tais como:

  • Uma carta de boas-vindas personalizada das lideranças;
  • Brindes personalizados com a marca da empresa, como camisetas, moletons, squeezes, mousepads, canecas, bottons, porta-óculos, etc;
  • Livros de desenvolvimento profissional focados na carreira do novo colaborador.

Quais os benefícios do Onboarding?

Cuidar da integração de colaboradores recém-contratados é uma questão estratégica, já que possibilita uma retenção de talentos muito maior às empresas, sendo esse um dos principais benefícios, mas vamos citar mais alguns:

Experiência de contratação diferenciada

O onboarding é pensado ainda no processo de recrutamento e seleção. Isso porque contratar funcionários alinhados à cultura da empresa já facilita o processo de integração e evita desligamentos futuros.

Além do mais, a acolhida reforça uma imagem positiva da empresa. Assim, ela cria uma boa reputação como marca empregadora e consegue atrair talentos cada vez mais engajados.

Saiba mais: Recrutamento e seleção: como tornar esse processo mais estratégico

Integração das equipes

Encontros de apresentação de novos colaboradores promovem uma aproximação imediata. Assim, os funcionários estabelecem conexões, desenvolvem boas relações interpessoais e constroem uma rede de informações para se auxiliarem.

Aliás, com uma boa recepção, a apreensão dos primeiros dias de trabalho desaparece e a comunicação fica mais clara. O resultado é uma equipe mais unida que contribui, efetivamente, para levar resultados positivos ao negócio.

Ganho na produtividade

Uma equipe que se relaciona bem consegue produzir mais e melhor. Por isso, a integração da equipe aumenta a produtividade. Inclusive, como o novo colaborador foi bem acolhido, ele ficará motivado, por isso conseguirá se desenvolver rapidamente. Logo, ele pode alcançar o auge da performance para assumir mais responsabilidades.

O Onboarding digital é um dos exemplos de como a tecnologia pode contribuir com o processo de Onboarding para colaboradores em formato de remoto, por exemplo. Hoje, já existem soluções que automatizam todo o processo de admissão, oferecendo uma experiência muito melhor aos recém-admitidos e facilitando todos os trâmites entre colaborador e RH.

banner gestão de pessoas

Conheça o HCM da Senior

A plataforma HCM Senior atende a sua necessidade e oferece a possibilidade de integrar soluções e funcionalidades de maneira modular, assim você só contrata aquilo que faz sentido para sua empresa.

Com uso da tecnologia, inteligência artificial e bots integrados, você e a sua equipe respiram inovação e podem se dedicar a estratégia do negócio.

Acesse a página de Gestão de Pessoas ou fale com a gente.

Gestão Empresarial
Descubra como tornar a gestão de compras mais eficiente e inteligente. Aprenda técnicas e estratégias para melhorar seus processos de compra.
Gestão de Pessoas
Desvende mitos e verdades sobre benefícios flexíveis. Saiba como implementar independentemente do tamanho da sua empresa.
X platform
Automatize e gerencie sistemas com a X Platform. Impulsione a eficiência e inovação empresarial com nossa plataforma intuitiva
Gestão de Pessoas
Aprenda sobre a legislação trabalhista em 2024 e descubra como garantir a conformidade e segurança no ambiente de trabalho.

Preencha o formulário que logo entraremos em contato!