Experiência do Colaborador: a importância do employee experience nas empresas

Saiba como aplicar a tecnologia como aliada para manter a cultura da empresa em ambientes cada vez mais digitais. Confira!

Propósito. Essa palavra tem se tornado cada vez mais comum quando falamos de carreira. Hoje, além de procurar por uma remuneração que faça sentido, os profissionais também olham para o propósito das empresas e buscam lugares para trabalhar que tenham fit com os seus valores.

Além disso, a geração dos millenials busca muito mais do que bons salários, eles são mais ligados à qualidade de vida e por isso, valorizam principalmente ter um bom gestor e um bom ambiente de trabalho. Hoje eles representam 30% da população mundial e até 2025 vão ser 70% da força de trabalho global. Por isso, é importante oferecer uma boa experiência para seus colaboradores, dessa forma você poderá contar com pessoas engajadas e motivadas a exercer sua função de forma mais eficiente.

É aí que entra a importância da experiência do colaborador. Sabe aquela história de que a primeira impressão é a que fica? Pois é. Você sempre vai se lembrar do seu primeiro dia em um emprego novo. É por isso que hoje, grandes marcas investem fortemente em experiências imersivas aos colaboradores. E a tecnologia pode ser uma grande aliada nisso!

Nesse post, vamos conversar sobre os tipos de experiência que as equipes de Gestão de Pessoas podem promover aos colaboradores e como a tecnologia pode contribuir com esse tipo de experiência. Boa leitura!

O que é experiência do colaborador?

A experiência do colaborador, ou employee experience, é o conjunto de percepções de cada funcionário em relação à empresa na qual trabalha, com base em todas as interações que possui com a mesma. Ou seja, é um reflexo direto das ações da empresa e os impactos que isso gera em cada pessoa.

A experiência do colaborador tem sido vista cada vez mais como uma tendência de investimento por parte das organizações. Segundo pesquisa do Gartner publicada em 2022, 47% dos líderes de RH entendem a experiência como uma prioridade.

Isso acontece porque ela é uma prioridade cada vez maior também para os candidatos e colaboradores já contratados. As pessoas valorizam mais bons momentos, ambientes saudáveis, trocas ricas e uma série de outros fatores na hora de escolher aceitar ou ficar em um emprego.

A experiência do colaborador é capaz de influenciar em todo clima organizacional e principalmente na imagem que a empresa deseja passar.

Leia também: Como o employee experience pode impactar sua empresa

Quando a experiência do colaborador começa?

A experiência do colaborador inicia ainda no momento da negociação para contratação. Ela precisa ser mapeada para que os negócios sejam mais assertivos em sua gestão de pessoas e evite custos desnecessários. Uma contratação errada, afinal, é mais do que um momento de revisão de perfil para a vaga, mas implica diretamente nos custos da empresa. E, além disso, pode prejudicar a imagem do negócio, reduzindo chances de novas vendas dentro do círculo de contato do candidato/profissional insatisfeito.

No pós contratação, a falta de engajamento do colaborador através de ferramentas desenvolvidas para otimizar o employee experience também é um problema. Baixa produtividade, absenteísmo e presenteísmo, contratações de pouca duração são resultados de profissionais insatisfeitos com seu trabalho.

Qual a importância da experiência do colaborador?

Uma comparação simples é: a experiência do colaborador é tão importante para o RH quanto a experiência do cliente é importante para o Marketing. Assim como uma boa experiência de compra influencia na hora da finalização de um cliente, a experiência do colaborador é essencial para que aquela pessoa se sinta feliz, realizada e confortável dentro do seu ambiente de trabalho.

Essa satisfação e orgulho com o lugar de trabalho é determinante e essencial para que o colaborador permaneça por mais tempo na empresa.

Investir na experiência do seu colaborador significa oferecer flexibilidade, autonomia e um ambiente amigável. Isso é fundamental para garantir o sucesso das empresas e a satisfação das pessoas. Dessa forma, os funcionários são mais produtivos e motivados e apresentam maior qualidade no trabalho que fazem. Além disso, uma boa experiência diminui o nível de rotatividade da sua empresa (Turnover), melhora o clima organizacional e consequentemente melhora o relacionamento com o cliente.

As vantagens de investir na experiência do colaborador

Além de todo o conceito em colocar o funcionário no centro da estratégia e fazer com que sua jornada seja a mais agradável possível, as inúmeras vantagens do employee experience fazem com que esse termo seja conhecido e implementado nos RHs de todo o mundo. Confira as principais vantagens de investir nessa solução:

  • Melhora a interação entre as equipes;
  • Fortalece a cultura organizacional;
  • Reduz a rotatividade dos colaboradores;
  • Aumenta o engajamento;
  • Diminui erros e retrabalhos;
  • Cria um ambiente saudável.

A tecnologia como aliada na experiência do colaborador

Neste “novo normal”, em que a presença digital se reforça e a falta de proximidade é um novo desafio a se vencer, fortalecer a cultura da companhia e a experiência positiva do cliente passa pela inovação.

Pesquisas apontam que empresas que investem em experiência do colaborador são quatro vezes mais lucrativas. Para isso, soluções inovadoras de gestão de pessoas, comunicação corporativa, processos de recrutamento e análise da rotina dos colaboradores são fundamentais.

Entre as ferramentas que devem se destacar em empresas que prezam pela experiência positiva do colaborador estarão aquelas que facilitam a gestão e realização de pesquisas de clima frequente. Tabulando automaticamente os resultados para facilitar a tomada de decisão do gestor.

A inovação, através de soluções para a gestão integrada do colaborador, será crucial. Da análise de remuneração e histórico de entregas do profissional até a realização de feedback entre gestores e colaboradores, cada vez mais os sistemas para este fim ganham viés de rede social. Por isso, dar ao funcionário a oportunidade de fazer parte de seu processo de análise de performance, oportunizar o feedback de colegas e garantir o acesso transparente às informações sobre o colaborador via aplicativos precisa estar na pauta dos gestores.

Uma experiência positiva para o colaborador exige facilidade na comunicação. Porém, a autonomia para que o próprio funcionário administre boa parte de suas informações e colabore com o processo de melhoria contínua também é importante. A redução de custos com contratações erradas precisa estar em pauta e é o próprio colaborador. Através da convergência da comunicação com as lideranças via automação, que ditará o ritmo certeiro para a companhia.

Transforme o seu RH em Digital com a Sancon

Recomendada por 8 a cada 10 profissionais de RH, a solução para Gestão de Pessoas atende de ponta a ponta todas as necessidades do setor de RH.

Acesso e segurança
Descubra a importância da gestão de não conformidades e como transformar desafios em oportunidades de melhoria contínua.
Gestão de Pessoas
Entenda como funcionam as férias trabalhistas e aprenda a organizar o calendário de férias da sua empresa de acordo com a CLT.
Logística
Descubra como evitar erros comuns na gestão de frotas com nosso guia completo. Aprenda sobre manutenção, controle de combustível, e como um TMS pode otimizar sua operação.
Gestão de Pessoas
Explora a questão da desigualdade salarial no Brasil, a importância da Lei de Igualdade Salarial e seus impactos.

Preencha o formulário que logo entraremos em contato!